Prisão de Atahualpa, imperador inca

16 de novembro de 1532

4
compartilhamentos

Em 16 de novembro de 1532, Atahualpa, imperador inca, caiu em uma emboscada preparada pelo conquistador espanhol Francisco Pizarro. O inca, acompanhado por seu exército de 80 mil guerreiros, estava voltando para Cusco, capital do Império, para tomar posse do trono que recentemente conquistara. Pizarro convidou-o para um encontro na pequena cidade de Cajamarca, situada em um vale cercado de montanhas.

Confiante em seu poder de impressionar os espanhóis, Atahualpa compareceu levado em um trono de ouro levado nos ombros por serviçais e rodeado de nobres, dançarinos e alguns milhares de soldados desarmados. Encontra a praça vazia e é recebido por um frade que lhe mostra a Bíblia e pede-lhe para se converter ao cristianismo e aceitar Charles V como seu soberano.

Atahualpa recusa irritado e tomando a Bíblia joga-a no chão. O frade dá o sinal para Pizarro e seus homens abrirem fogo. Somente o imperador sobreviveu ao massacre. Foi mantido prisioneiro por oito meses até ser executado por estrangulamento em 26 de julho de 1533.

Saiba mais

Compartilhe

Navegue pela História

Selecione o mês para conhecer os fatos históricos ocorridos ao longo do tempo.

Outros Artigos

Últimos posts do instagram

Fique por dentro das novidades

Insira seu e-mail abaixo para receber atualizações do blog: