Levante Comunista de 1935, RJ

27 de novembro de 1935

1
compartilhamentos

Em 27 de novembro de 1935, foi deflagrado, no Rio de Janeiro, o levante conhecido como Intentona Comunista ou Revolta Vermelha de 35 contra o governo de Getúlio Vargas. O movimento já havia eclodido em Natal (entre os dias 23 e 25) e em Recife (dia 25), mas foi na capital do país que teve maior repercussão.

A conspiração político-militar foi realizada pelo PCB (na época, Partido Comunista do Brasil) em nome da Aliança Nacional Libertadora e liderada por Luís Carlos Prestes, capitão do Exército e líder tenentista convertido ao comunismo. O levante estava articulado com a direção da Internacional Comunista que tinha entre seus integrantes, Olga Benário, companheira de Prestes.

Os insurgentes lutavam contra as oligarquias, o imperialismo e o autoritarismo. Reivindicavam o não pagamento da dívida externa, a nacionalização das empresas estrangeiras, a reforma agrária e o combate ao fascismo.

O movimento foi rapidamente reprimido e os envolvidos foram presos. Desconhece-se o número de mortos. O Exército lista 32 mortos do 3o. Regimento de Infantaria, mas é possível que uma centena tenha falecido. No ano seguinte, Prestes perdeu a patente de capitão e ficou nove anos na prisão. Sua companheira, Olga Benário, estava grávida e foi deportada e morta no campo de concentração nazista Ravensbrück. A criança, Anita Leocádia Prestes, nascida em uma prisão na Alemanha, foi resgatada pela mãe de Prestes.

A repressão ao movimento levou o Congresso Nacional a decretar o Estado de Guerra, o que preparou o caminho para que Getúlio Vargas, desse o golpe que implantou a ditadura do Estado Novo, em 1937.

Abertura

  • Monumento aos Soldados Mortos na Intentona Comunista de 1935, Urca, Rio de Janeiro, Rio de Janeiro.

Compartilhe

Navegue pela História

Selecione o mês para conhecer os fatos históricos ocorridos ao longo do tempo.

Outros Artigos

Últimos posts do instagram

Fique por dentro das novidades

Insira seu e-mail abaixo para receber atualizações do blog: