Lançado o manifesto fascista na Itália

06 de junho de 1919

54
compartilhamentos

Em 6 de junho de 1919, Mussolini publicou no jornal “Il Popolo d’Italia”, o manifesto do “Fasci Italiani di Combatimento” onde ele lançava as bases do fascismo e anunciava: “Declaramos guerra ao socialismo não por ser socialista, mas por ter-se oposto à nação”.

Propunha um programa político unificador, vagamente socialista e nacionalista. Em nome da Itália, reivindicava os territórios prometidos pelo Tratado de Londres, denunciou o capitalismo, exigiu a abolição do Senado e a eleição de uma Assembleia Constituinte, pediu a abolição do serviço militar obrigatório e, finalmente, se colocou a favor de uma República laica.

Este programa revolucionário evoluirá muito de acordo com as circunstâncias.

No final de 1919, o movimento fascista ainda era muito marginal. Os Fasci Italiani di Combatimento possuíam apenas 17.000 membros e não conseguiram eleger nenhum candidato nas eleições legislativas de novembro. O próprio Mussolini recebeu apenas 4.800 votos em Milão contra 170.000 para o candidato socialista. Mas isso iria mudar nos próximos anos.

Saiba mais

Abertura

  • Benito Mussolini, em primeiro plano ao centro, na Marcha sobre Roma, 28 de outubro de 1922.

Compartilhe

Navegue pela História

Selecione o mês para conhecer os fatos históricos ocorridos ao longo do tempo.

Outros Artigos

Últimos posts do instagram

Fique por dentro das novidades

Insira seu e-mail abaixo para receber atualizações do blog: