Avaliação diagnóstica de aprendizagem – História, 6º e 7º anos

19 de fevereiro de 2021

16
compartilhamentos

Depois de um ano letivo tão atípico como foi o de 2020, em que a rotina escolar foi subvertida, paralisada e rearranjada é um enorme desafio pensar nos conteúdos de 2021. Daí a importância de se fazer uma avaliação diagnóstica na retomada das aulas para ver o que sobrou e qual é a extensão das lacunas deixadas.

O objetivo da avaliação diagnóstica é verificar se os alunos apresentam ou não domínio dos pré-requisitos necessários (conhecimentos e habilidades) para novas aprendizagens, identificar eventuais problemas de aprendizagem e traçar rotas de ensino-aprendizagem para suprir as necessidades dos estudantes.

Nesse cenário, a avaliação diagnóstica da aprendizagem serve como subsídio para planejar o ensino. Não há um modelo para isso. Cada professor, conforme sua disciplina e os pré-requisitos necessários, elabora atividades que permitam estabelecer um panorama dos conhecimentos adquiridos pelos estudantes. Para isso, pode lançar mão de diferentes modelos para uma avaliação diagnóstica, entre eles:

  • Aplicação de exercícios, testes, prova dissertativa, redação.
  • Autoavaliação dos estudantes.
  • Discussão coletiva, entrevista com os alunos.
  • Consulta do histórico escolar, das provas e atividades realizadas.
  • Consulta do material didático utilizado no ano anterior.

Para contribuir com o trabalho do professor, elaboramos duas avaliações diagnósticas, no formato de testes, para o 6º e 7º anos do Ensino Fundamental. Os testes percorrerem as habilidades propostas pela BNCC para os anos anteriores a essas séries. Assim, a avaliação diagnóstica do 6º ano avalia o conteúdo aprendido no 5º ano, e a do 7º ano avalia o conteúdo aprendido no 6º ano.

Para fazer o download da avaliação diagnóstica do 6º e 7º anos, preencha os campos abaixo.

Avaliação diagnóstica do 6º ano

São 15 testes que abrangem os seguintes temas: nomadismo, sedentarismo, noção de Estado, diversidade religiosa, cidadania, marcos de memória, formas de marcação da passagem do tempo e patrimônio histórico.

Cabe ao professor avaliar a pertinência de cada teste e, se necessário, excluir ou adaptar conforme seus objetivos pedagógicos. Os testes têm enunciados curtos com 3 alternativas para não tornar a avaliação muito pesada aos alunos.

A aplicação dos testes deve ser feita em um clima amistoso e de confiança que em nada lembre uma prova tradicional. Explique e repita para os estudantes que o teste não vale nota, não tem caráter punitivo nem classificatório. É apenas um mapa cognitivo da turma.

É interessante, também, pedir aos alunos para grifarem as palavras que não conhecem. Da mesma maneira, peça-lhes para deixar em branco o que não souberem responder – lembre-se, a ausência de respostas é também uma avaliação diagnóstica.

Ao final dos testes, uma pergunta permite que o aluno se posicione: “O que você mais gostou de estudar na matéria de História no ano passado?”.

RESPOSTAS DA AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA DO 6º ANO

1) B      2) C     3) A     4) A     5) C     6) B     7) B     8) A

9) 1-menino lendo a Torá; 2-meninos recebendo a primeira comunhão; 3-menina lendo o Alcorão; 4-menina participa da festa de Iemanjá.

10) A     11) C     12) C     13) B     14) C     15) C

Avaliação diagnóstica do 7º ano

São 18 testes que abrangem os seguintes temas: noção de tempo e periodização, surgimento da espécie humana, povoamento da América, história oral, saberes dos povos antigos, conceito de Antiguidade Clássica, formação da pólis, formação de Roma antiga, cidadania na Grécia e em Roma antigas, conceito de império, rotas comerciais no Mediterrâneo, feudalismo, escravidão e servidão, religião cristã no período medieval e papel das mulheres no mundo antigo e medieval.

Cabe ao professor avaliar a pertinência de cada teste e, se necessário, excluir ou adaptar conforme seus objetivos pedagógicos. Os testes têm enunciados curtos com 4 alternativas para não tornar a avaliação muito pesada aos alunos.

Conforme já dito para o 6º ano, é importante avisar os alunos que não se trata de uma prova valendo nota, que eles podem deixar em branco o que não souberem responder e que grifem as palavras desconhecidas.

RESPOSTAS DA AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA DO 7º ANO

1) B     2) A     3) B     4) D     5) B     6) C     7) D     8) A     9) A

10) B     11) C     12) A     13) C     14) B     15) D     16) C     17) A     18) A

Conclusão

Os testes propostos aqui visam verificar o conteúdo de História aprendido e fixado pelos estudantes. Servem de orientação ao professor para reconhecer o nível de conhecimento de História da turma e planejar seu ano letivo.

É evidente que a leitura e correta compreensão dos testes já permitem, ao professor, avaliar a habilidade do estudante em ler e interpretar textos – habilidade essencial para a aprendizagem de História. Nesse sentido, fique atento professor em identificar o tipo de dificuldade do estudante para responder os testes: se é desconhecimento do assunto ou se o problema é compreender o texto.

Nesse modelo de avaliação diagnóstica, ficaram de fora outras habilidades cognitivas como:

  • Expressar oralmente ideias e conhecimentos.
  • Produzir textos com coerência, ideias claras e fundamentadas.
  • Elaborar questionamentos, argumentos e proposições.
  • Relacionar acontecimentos e processos de transformação.
  • Compreender a historicidade e contextualizar fenômenos históricos.

O professor tem pela frente um ano inteiro para trabalhar essas e outras habilidades. Bom trabalho!

Veja mais

Publicidade

Compartilhe

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Outros Artigos

Últimos posts do instagram

Fique por dentro das novidades

Insira seu e-mail abaixo para receber atualizações do blog: